Spincare: novo curativo israelense com nanofibras!

Este é um produto inovador, recém criado, que logo logo estará disponível no mercado brasileiro e deve revolucionar o tratamento de queimados. Segundo seus idealizadores, trata-se de um polímero semelhante a pele, que aplicado em forma de spray, protege contra infecções e facilita a cicatrização. Tão logo sejam divulgadas novas informações sobre o produto, estaremos postando aqui para nossos leitores.

Conheça outros métodos já usados em tratamento de queimados:

Brasileiros desenvolvem curativo à base de abacaxi que facilita cicatrização

A associação de uma proteína do abacaxi com celulose produzida por bactérias resultou em um curativo eficiente como anti-inflamatório cicatrizante de ferimentos, ulcerações e queimaduras, segundo trabalho de pesquisadores das universidades de Sorocaba (Uniso) e Unicamp, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Eles produziram um composto na forma de gel ou emplastro que tem como base a proteína do abacaxi, chamada de bromelina, e a celulose bacteriana – dois elementos que já vinham sendo estudados há tempos para aplicações nas áreas médica, farmacêutica e cosmética.

A bromelina tem a propriedade de quebrar moléculas de outras proteínas – o chamado debridamento celular – e, por isso, é usada até para amaciar carne.

“Essa mesma característica faz com ela remova as células mortas na ferida, limpando-a e acelerando sua cicatrização”, explica Janaína Artem Ataide, da Unicamp, autora principal do artigo publicado no periódico Scientific Reports, do grupo Nature, que mostra os resultados do trabalho conjunto.

Por isso já vem sendo utilizada em diversas aplicações médicas, como, por exemplo, em enxertos e substitutos temporários de pele ou curativos no tratamento de lesões.

Fonte: BBC

Veja também:

O revolucionário método criado no Brasil para tratar queimaduras graves com pele de tilápia

Leave a Reply

Your email address will not be published.Email address is required.